21 de dez de 2018

Barraca para a saideira


Depois de vários dias acampando e principalmente quando estamos distantes de casa, gostamos de sair do camping o mais cedo possível, não só para enfrentar o tempo de viagem que nos espera como também ter folga para o caso de haver algum imprevisto na estrada e não chegar à noite em casa ou próximo destino.

Carregamos muitas tralhas – é o preço para um maior conforto – e desmontar tudo, esperar secar a barraca do sereno (ou até de uma chuvinha inesperada) e arrumar no carro demanda um tempo e uma certa tensão por não permitir sair cedo como gostaríamos.

Após muitos anos viajando acampando e passando pela situação descrita, encontramos uma solução – camping é um eterno aprendizado, rs – com o aproveitamento de uma antiga barraca iglu que temos.

Com duas hastes de metal adquiridas na Decathlon, 10 m de cordelete 6 mm e uma lona de 3 x 3 m, montamos um abrigo para a iglu (Coleman Eco 3) para passar a última noite no Camping.



Recentemente, novembro/18, adquirimos uma Tarp, ou Abrigo de Trilha da Quechua, que já vem com as cordinhas, espeques e duas poles (hastes) de metal, que elevam a altura a 1,80 m e peso total de 2,6 k. Tem várias utilidades, veja vídeo. Mais prático e leve do que a lona e não precisa usar cordas.


Assim, na véspera desmontamos com calma todo nosso equipamento, arrumamos direitinho no carro e para o dia da saída fica apenas a iglu e sua cobertura - se o tempo estiver firme nem precisa a cobertura -, o que é relativamente rápido para recolher. No caso de sereno ou chuva apenas a lona, ou a Tarp, seria atingida, o que são fáceis de secar.

Com esse esquema temos conseguido sair do camping até às 8h, descansados, prontos para enfrentar a estrada e chegar cedo em casa, onde nos espera a operação inversa, retirar do carro e guardar todas as tralhas. Um bom esquema também quando se sai de um camping para outro, chegando mais cedo no destino para começar tudo de novo.

Para nós está valendo a pena ter mais 2 itens para carregar – iglu e tarp – pelo ganho de tempo e menos desgaste na saideira. Amigos campistas usam esse esquema também para o caso de chegar à noite no camping, ou chovendo, e armam a barraca pequena, deixando a principal e seus complementos para montar depois.

Obrigado pela visita, volte sempre!!

Outros posts recomendados:
Planejando as viagens
Escolhido o destino, procuramos na internet informações sobre a região e comentários de outros campistas sobre a estrutura e atendimento. Em seguida contatamos... Leia mais

Água ao lado da barraca
Veja como resolvemos para ter água ao lado de nossa barraca, para lavar as mãos e utensílios, por exemplo. Leia mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário