28 de nov de 2017

Atrações em Urubici

Durante oito dias, acampados na Hospedagem e Camping Nossa Sra. das Graças - veja o post a respeito - tivemos a satisfação de conhecer Urubici, conhecida nacionalmente por estar numa região considerada a mais fria do Brasil - o recorde, segundo painel existente no Morro da Igreja, foi registrado em junho de 1996, 17,8 graus negativos.


A época de maior afluência de turistas é no inverno, na expectativa de verem a queda de neve, que costuma acontecer em alguns dias. Preferimos ir na primavera e a mais baixa temperatura que enfrentamos foi de 8 graus ao amanhecer. Aproveitamos bastante, com alguns dias lindos e outros nublados - relatamos a seguir:

Morro da Igreja e Pedra Furada

Fica no Parque Nacional de São Joaquim, a 30 km da cidade, nas coordenadas -28.12869, -49.4723 com acesso fácil, vencendo um desnível de quase 900 m. No local funciona uma base do CINDACTA II e para adentrar a área precisa-se obter autorização - veja instruções para a visita.

É lindo o panorama que de lá se descortina. Vá preparado porque o vento é forte e frio. Há estacionamento e muitos caminhos pelo topo de onde pode-se ver a Pedra Furada e a cadeia de montanhas de vários ângulos - veja mais informações.








Cachoeira Véu da Noiva

Ao lado da estrada para o Morro da Igreja fica a propriedade particular onde está a Cascata Véu da Noiva - coordenadas -28.07533, -49.5183 - onde paga-se taxa de visitação. Após um caminho de aproximadamente 100 m chega-se à base da cascata, que deve ser mais linda ainda em período de mais chuvas.




Gruta de Nossa Senhora de Lurdes

Também no caminho para o Morro da Igreja, nas coordenadas coordenadas -28.01537, -49.5921 e a 12 km da cidade, fica uma imagem de Nossa Sra. de Lurdes em uma gruta natural cercada de paredões e com uma pequena queda d'água de cerca de 10 m de altura. Local muito visitado por turistas e devotos.

ponto de referência na estrada - acesso passa ao lado dessa igreja

acesso florido



Serra do Corvo Branco

Fica nas coordenadas -28.05454, -49.36856 a 28 km da cidade, com trecho final em estrada de chão, cascalhada e alguns buracos, mas que dá para ir tranquilo. Ao chegar há um...



Obrigado pela visita, volte sempre!!

Outros posts recomendados:
Acampando em Urubici - SC
Acampamos na Hospedagem e Camping Nossa Senhora das Graças, com boa estrutura e área comunitária ampla com fogão, pia e geladeira... Leia mais

Acampada em Prudentópolis - PR
No Recanto Perehouski - área toda gramada, mas parte do terreno é irregular. Possui vários quiosques com churrasqueira, tomada e ... Leia mais

2 comentários:

  1. Maravilha amigão, vc sempre arruma um jeito de nos surpreender, seja em textos, seja em fotos (alias, aquela saindo cedinho de Prudentópolis hein?)...falar nisso, acha vencível os 200km pra um dia em caso de bate e volta até a capital? (condições de estrada, etc)...quanto as fotos da Serra Catarinense estão ímpares, acho incrível aqueles recortes, curvas, e claro, vistas!
    Grande abraço, Alexandre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, amigo. Para um bate volta acho que não vale a pena. Apesar da pouca distância para Floripa, o acesso pela BR 282 tem muito trânsito de caminhões e curvas, sem falar a morosa entrada e saída da capital. Lá merece uma curtida com um pouco mais de tempo.

      Excluir