16 de fev de 2019

Acampando no Camping Cachoeira do Roncador

Realizando um roteiro de viagem acampando por Minas Gerais, com destino a São Thomé das Letras, acampamos primeiro em Lambari, Estância Hidromineral situada no Circuito das Águas de Minas Gerais.

Cidade de cerca de 21.000 habitantes, altitude de 890 m na sede, com clima tropical de altitude. Fomos no fim de janeiro de 2019 com bastante calor durante o dia e noites com temperaturas agradáveis.

Acampamos no Camping Cachoeira do Roncador, na área rural a cerca de 10 km do centro.

área pequena, gramada e bonita

O Camping

Camping Cachoeira do Roncador   link site do camping.
A 10 km do centro de Lambari/MG - 5 por asfalto, 5 por estrada de terra
Coordenadas geográficas: -22.03210 -45.34011
Veja no Google Maps: link
Telefone/watsapp (35) 9176-9716 - conveniente reservar
Diária em janeiro/2019 R$ 25,00
Voltagem 110v
Wi-Fi disponível
Recebe motor-home
Proprietários Fernando e Maísa

Fica em um vale com bonito visual, muito verde e com vista para um cafezal. O som predominante no camping é o canto dos pássaros e o murmúrio das águas passando pelo córrego ao lado, oferecendo um ambiente bem relaxante.

Camping bem simples, com área pequena para barracas, toda gramada e arborizada. Alguma irregularidade no terreno, recomendando-se sempre procurar as partes mais altas. Este vídeo ilustra como é o camping:


Os banheiros, 2 completos para cada sexo, são amplos, decentes e mantidos limpos. Para lavar louças e roupas, dispõe de quatro tanques, mas ficam a descoberto na parte externa dos banheiros. Duas churrasqueiras de alvenaria, também descobertas.

Vários pontos de energia para as barracas, mas não tem iluminação noturna na área. Além das luzes usadas pelos campistas (quando têm) apenas lâmpadas na entrada dos banheiros e ao lado do restaurante.

A casa sede reúne a recepção, bar e restaurante rústico, onde servem pequenas refeições, porções, petiscos e bebidas. Local utilizado também para atendimento aos visitantes das cachoeiras.

Bom atendimento, com o proprietário sempre interagindo, dando dicas e suporte quando necessário.


Cachoeiras na área

Existem 3 cachoeiras na propriedade. A cerca de 350 m da recepção, chega-se a duas delas, com porteira e cobrança de ingresso de visitantes (R$ 8,00), mas acesso livre para os campistas.


O acesso, em declive, é bem cuidado, com degraus de pedras e corrimões (de bambu) nos trechos mais íngremes.

Na primeira, Poço dos Olhos, a queda é formada pela obstrução do córrego por uma grande rocha e pelas suas laterais, mais o desnível, a água passa com muita pressão, formando o poço a seguir.

A mais bonita, pelo volume d’água e altura, é a Cachoeira do Roncador (um dos pontos turísticos de Lambari) que fica um pouco adiante. Forma um poço relativamente raso, que permite às pessoas usufruírem de uma bela massagem em suas águas.

Ao lado do camping passa um córrego onde a cerca de 100 m tem uma pequena queda d’água, que leva o nome de Cachoeira da Paz, portanto a terceira. O acesso à essa queda é por uma trilha, que inicia após cruzar o córrego por cima de pedras e segue acompanhando sua margem.


A cidade

Típica das Estâncias Hidrominerais de Minas Gerais, com sua tranquilidade e Parque das Águas - ingresso R$ 2,00 - onde há várias fontes com propriedades diversas. O Parque é um local agradável, bem arborizado e florido.



Outro ponto de destaque é o Lago Guanabara (artificial) de grande extensão, local bonito e propício para prática de esporte em seu entorno, como caminhada, corrida, ciclismo, ginástica, stand up, etc. ou apenas pura contemplação.


À sua margem existe uma imponente construção, conhecida como Palácio do Cassino, inaugurado em 1911 mas que só funcionou por uma noite - leia sua interessante história. Restaurado em 2018, enfeita o belo cenário do Lago Guanabara.



Parque Estadual Nova Baden

Uma visita muito proveitosa. No centro de Visitantes fomos recepcionados por um monitor que, com muita disposição, simpatia e conhecimento, nos passou muitas informações sobre a história do Parque, a fazenda que o antecedeu, e sobre um dos proprietários dessa fazenda, Eng. Américo Werneck, que veio a ser o Prefeito de Lambari.





No Parque fizemos a trilha das 7 Quedas passando por autêntica floresta remanescente da Mata Atlântica. Trilha sinalizada, bastante úmida quando fomos, feita em uma hora devido a muitas paradas para observação e fotos. As quedas estavam com pouquíssimo volume de água.









Resumindo

Ficamos seis dias em Lambari. Consideramos uma boa opção para quem esteja passando pela região e queira desfrutar de um lugar muito tranquilo, simples e de natureza exuberante. De lá seguimos para conhecer São Thomé das Letras, a apenas 105 km, onde acampamos por mais nove dias - veja postagem a respeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário